Biologia, Seleção e Avaliação de Linhagens de Trichogramma spp. para o Controle da Lagarta-da-Espiga em Milho Semente

Josemar Foresti, Mauro Silveira Garcia, Oderlei Bernardi, Marcelo Zart, Adrise Medeiros Nunes

Resumo


O objetivo deste trabalho foi estudar a biologia de Trichogramma spp. em ovos de Anagasta kuehniella (Zeller) e Helicoverpa zea (Boddie), selecionar e avaliar uma linhagem do parasitóide para o controle de H. zea em milho semente. Para a biologia foram ofertados ovos do hospedeiro alternativo e natural à Trichogramma pretiosum Riley e Trichogramma atopovirilia Oatman & Platner. Para verificação do potencial de parasitismo foram ofertados 40 ovos de cada hospedeiro por fêmea do parasitóide. No estudo em casa de vegetação para determinação do número ideal de parasitóides ofertou-se 60 ovos de H. zea e variou-se o número de parasitóides. No campo avaliou-se o controle de H. zea mediante liberação de 100; 200; 400 e 800 mil parasitóides por hectare, controle químico e tratamento sem liberação e sem inseticida. No estudo de biologia a duração média do período de ovo - adulto e a razão sexual dos parasitóides foram semelhantes nos dois hospedeiros. O número médio de parasitóides gerados por ovo de A. kuehniella e H. zea variou de 1,10 a 1,20 e 2,22 a 2,67, respectivamente. A capacidade de parasitismo de T. pretiosum foi de 93,70 e 82,75 ovos por fêmea de A. kuehniellae H. zea, respectivamente. Em casa de vegetação o percentual de parasitismo de T. pretiosum estabilizou quando liberados 5,33 parasitóides por ovo de H. zea. A campo, a maior eficiência de controle ocorreu quando foram liberados 100 mil parasitóides por hectare em quatro épocas, a partir do início da infestação de H. zea.


Biology, Selection and Evaluation of Strains of Trichogramma spp. for Control of Corn Earworm in Corn Seeds


Abstract. The objective was to study the biology of Trichogramma spp. in eggs of Anagasta kuehniella (Zeller) and Helicoverpa zea (Boddie), select and evaluate a strain of the parasitoid to control of H. zea in corn seed. In the biology study was offered eggs of the natural and alternative host to Trichogramma pretiosum Riley and Trichogramma atopovirilia Oatman & Platner. To verify the potential of parasitism were offered 40 eggs of both hosts per parasitoid. In greenhouse, a study was conducted to determine the optimal number of parasitoids to be released by egg of H. zea. It was established 60 eggs of H. zea and varied the number of parasitoids. In the field were evaluated of parasitism with the release of 100, 200, 400 and 800 thousand parasitoids per hectare, chemical control and treatment without released and insecticide. In the biology study, the duration of egg – adult period and sex ratio of parasitoids were similar in the two hosts. The number of parasitoids generated per egg of A. kuehniella and H. zea varied from 1.10 to 1.20 and from 2.22 to 2.67, respectively. The capacity of parasitism of T. pretiosum female was 93.70 and 82.75 eggs of A. kuehniella and H. zea, respectively. In greenhouse, the percentage of parasitism of T. pretiosum had established when released 5.33 parasitoids per egg of H. zea. In field, the greater efficiency of control occurred where released 100 thousand parasitoids per hectare in four seasons from the observation of early infestation of H. zea.


Palavras-chave


Helicoverpa zea; Milho; Parasitóide de ovos, Trichogramatidae; Parasitoid

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



|    Licença de Uso    |     Normas para publicação (PDF)   |    Projeto do Periódico   |   Política de Privacidade    |    Currículo Lattes (Busca)    |   Scielo     |     Títulos de Periódicos ligados à Entomologia e suas Abreviações     |      Ortografa!

Indexadores:

Latindex   |   SEER/IBICT     |    Dialnet     |    Agrobase - Literatura Agrícola     |   Sumários de Revistas Brasileiras     |     DOAJ     |    CABI Abstracts     |    LivRe!       |   RCAAP   |    Diadorim    |    Electronic Journals Library   | Eletronic Journals Index  |   Fonte Acadêmica - EBSCO  |   ZooBank    |   Zoological Records    |   Agro Unitau    |    BASE (Bielfield Academic Search Engine)     

Outras fontes:

   WorldCat    |     Mendeley     |     Google Acadêmico    |    Qualis CAPES 

Copyright © 2008-2018, Entomologistas do Brasil

As opiniões técnico/científicas e mesmo pessoais, constantes nos artigos e comunicações científicas publicados no EntomoBrasilis são de inteira responsabilidade de seus respectivos autores.

 

EntomoBrasilis. ISSN Online 1983-0572 - Prefixo doi: 10.12741

 

 Site hospedado gratuitamente no HostingZone

Fazemos parte da ABEC (Associação Brasileira de Editores Científicos)

Filiado ao Portal de Periódicos CAPES

Apoio