Comportamento Reprodutivo de Ceratitis capitata Wiedemann (Diptera: Tephritidae): Efeito do Tamanho dos Machos Sobre o Seu Sucesso de Cópula.

Alberto Moreira Silva Neto, Vanessa Simões Dias, Iara Sordi Joachim-Bravo

Resumo


Neste trabalho avaliou-se a influência do tamanho de machos de Ceratitis capitata (Wiedemann) no seu sucesso de cópula. Para assegurar a produção de machos adultos de diferentes tamanhos (grandes e pequenos), dois grupos de larvas foram alimentados com diferentes concentrações de proteína. Subsequentemente, machos adultos de ambos os grupos foram comparados em termos de seu sucesso de cópula (estimado pela capacidade de ser escolhido pela fêmea) e de quantidade de machos que emitiram feromônio. O sucesso de cópula em laboratório foi avaliado com machos em várias proporções, nas quais se manteve constante o número de machos grandes com cinco dias de idade (um único macho) em relação a um aumento progressivo de machos pequenos com mesma idade. As proporções testadas foram 1:1, 1:2, 1:3, 1:4, 1:5, e 1:10. Nos experimentos de sucesso de cópula na proporção 1:1 e nos de emissão de feromônio, foram testados machos pequenos de diferentes idades (cinco, nove ou 13 dias), enquanto que a idade dos machos grandes se manteve constante (cinco dias). Experimentos de sucesso de cópula na proporção 1:1 também foram realizados em gaiola de campo. Evidenciou-se que os machos grandes levaram vantagem em todos os parâmetros analisados em laboratório, emitindo mais feromônio e tendo um maior sucesso de cópula, mesmo quando a idade dos machos pequenos foi variada. O efeito de tamanho foi tão significativo, que na proporção de 1 macho grande para 10 machos pequenos, as fêmeas ainda escolheram os machos grandes. Em gaiola de campo os resultados foram similares aos de laboratório.


Reproductive Behavior of Ceratitis capitata (Wiedemann) (Diptera: Tephritidae): Effect of the Male Size on the Copula Success


Abstract. This work evaluated the influence of size on the copula success in Ceratitis capitata (Wiedemann). To assure the production of different adult sizes (big and small), two groups of larvae had been fed with different protein concentrations. Subsequently, adult males of both groups had been compared in terms of copula success and amount of males who showed the first step of courtship (emission of sexual pheromone). The copula success in laboratory was evaluated with males in some ratios, which the number of big males with five days of life (an unique male) in relation to a gradual increase of small males with same age kept constant. The tested ratios had been 1:1, 1:2, 1:3, 1:4, 1:5, and 1:10. In the experiments of copula success in the 1:1 ratio and the ones of pheromone emission, they had been tested small male of different ages (five, nine or 13 days), whereas the age of the big males kept constant (five days). Experiments of copula success in the 1:1 ratio had been also carried through in field cage. It was prove that the big males had taken advantage in all the parameters analyzed in laboratory, emitting pheromone and having a bigger copula success, exactly when the age of the small males was varied. The size effect was so significant, that in the ratio of 1 big male for 10 small males, the females had still chosen the big males. In field cage, the results had been similar to the ones of laboratory.


Palavras-chave


Corte; Mosca-das-frutas; Seleção sexual;Courtship; Fruit Fly; Sexual Selection

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



|    Licença de Uso    |     Normas para publicação (PDF)   |    Projeto do Periódico   |   Política de Privacidade    |    Currículo Lattes (Busca)    |   Scielo     |     Títulos de Periódicos ligados à Entomologia e suas Abreviações     |      Ortografa!

Indexadores:

Latindex   |   SEER/IBICT     |    Dialnet     |    Agrobase - Literatura Agrícola     |   Sumários de Revistas Brasileiras     |     DOAJ     |    CABI Abstracts     |    LivRe!       |   RCAAP   |    Diadorim    |    Electronic Journals Library   | Eletronic Journals Index  |   Fonte Acadêmica - EBSCO  |   ZooBank    |   Zoological Records    |   Agro Unitau    |    BASE (Bielfield Academic Search Engine)     

Outras fontes:

   WorldCat    |     Mendeley     |     Google Acadêmico    |    Qualis CAPES 

Copyright © 2008-2018, Entomologistas do Brasil

As opiniões técnico/científicas e mesmo pessoais, constantes nos artigos e comunicações científicas publicados no EntomoBrasilis são de inteira responsabilidade de seus respectivos autores.

 

EntomoBrasilis. ISSN Online 1983-0572 - Prefixo doi: 10.12741

 

 Site hospedado gratuitamente no HostingZone

Fazemos parte da ABEC (Associação Brasileira de Editores Científicos)

Filiado ao Portal de Periódicos CAPES

Apoio