Riqueza e Abundância de Abelhas Euglossini (Hymenoptera, Apidae) em Parques Urbanos de Goiânia, Goiáse) em parques urbanos de Goiânia, Goiás

Vanessa Athayde Grandolfo, Ruy Chaves Bozza Junior, Carlos de Melo e Silva Neto, José Neiva Mesquita Neto, Bruno Bastos Gonçalves

Resumo


Os ambientes urbanos têm se tornado refúgio para muitas espécies, entre as quais algumas abelhas da tribo Euglossini. O grupo inclui espécies dotadas de grande capacidade de voo, por isso são consideradas importantes polinizadores neotropicais. São escassas informações sobre Euglossini no Cerrado, são incompletas informações como a distribuição geográfica, quais são endêmicas e quais são cosmopolitas. Assim, este estudo teve como objetivo identificar e analisar a composição de espécies de abelhas da tribo Euglossini ocorrentes em parques urbanos quanto à abundância, riqueza e atratividade através da utilização de iscas odoríferas. Os exemplares de Euglossini foram coletadas mensalmente no período de abril a agosto de 2008, em quatro parques urbanos de Goiânia, Goiás. As abelhas foram amostradas com auxilio de armadilhas de cheiro, expostas das 8 horas às 12 horas, contendo uma das essências: salicilato de metila, acetato de benzila, cineol, vanilina. Foram coletados 147 machos de Euglossini pertencentes a três gêneros e cinco espécies. Houve uma forte dominância de indivíduos de Eulaema nigrita Lepeletier (95,23%), seguida por Euglossa cordata (Linnaeus) (2,72%). O Cineol foi a essência que atraiu a maior abundância de machos e o salicilato de metila apresentou a maior riqueza de espécies atraídas. Este estudo constitui o primeiro registro de ocorrência das espécies Exaerete smaragdina (Guérin) e Euglossa imperialis Cockerell para a região Centro-Oeste e de Euglossa variabilis Friese para o Cerrado. A preservação do conjunto dessas áreas irá manter as populações de abelhas silvestres nestas regiões de importância ecológica, mantendo os serviços de polinização das espécies de plantas.


Richness and Abundance of Euglossini Bees (Hymenoptera, Apidae) in Urban Parks in Goiânia, Goiás


Abstract. Urban environments have become a refuge for many species, including some bees of the tribe Euglossini. The group includes species with large capacity flight, so they are considered important neotropical pollinators. Euglossini is scarce information about the Cerrado, incomplete information like geographic distribution, which are endemic and which are cosmopolitan. This study aimed to identify and analyze the composition of bee species of the tribe Euglossini occurring in urban parks as to abundance, richness and attractiveness through the use of scent baits. The specimens of Euglossini were collected monthly from April to August 2008 in four urban parks in Goiânia, Goiás. The bees were sampled with the aid of scent traps, exposed from 8 am to 12 noon, containing one of the essences: salicylate methyl, benzyl acetate, cineole, vanillin. We collected 147 male orchid bees belonging to three genera and five species. There was a strong dominance of individuals Eulaema nigrita Lepeletier (95.23%), followed by Euglossa cordata (Linnaeus) (2.72%). The Cineol was the essence that attracted the greatest abundance of males and methyl salicylate had the highest species richness attracted. This study is the first record of species occurrence of Exaerete smaragdina (Guérin) and Euglossa imperialis Cockerell for the Midwest and Euglossa variabilis Friese for the Cerrado. The preservation of all these areas will keep bee populations of wild these regions ecological importance of maintaining the service pollination of plant species.


Palavras-chave


Cerrado; Euglossa imperialis; Euglossa variabilis; Exaerete smaragdina; fragmentação; Brazilian Savanna; Euglossa imperialis; Euglossa variabilis; Exaerete smaragdina; Fragmentation

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



|    Licença de Uso    |     Normas para publicação (PDF)   |    Projeto do Periódico   |   Política de Privacidade    |    Currículo Lattes (Busca)    |   Scielo     |     Títulos de Periódicos ligados à Entomologia e suas Abreviações     |      Ortografa!

Indexadores:

Latindex   |   SEER/IBICT     |    Dialnet     |    Agrobase - Literatura Agrícola     |   Sumários de Revistas Brasileiras     |     DOAJ     |    CABI Abstracts     |    LivRe!       |   RCAAP   |    Diadorim    |    Electronic Journals Library   | Eletronic Journals Index  |   Fonte Acadêmica - EBSCO  |   ZooBank    |   Zoological Records    |   Agro Unitau    |    BASE (Bielfield Academic Search Engine)     

Outras fontes:

   WorldCat    |     Mendeley     |     Google Acadêmico    |    Qualis CAPES 

Copyright © 2008-2018, Entomologistas do Brasil

As opiniões técnico/científicas e mesmo pessoais, constantes nos artigos e comunicações científicas publicados no EntomoBrasilis são de inteira responsabilidade de seus respectivos autores.

 

EntomoBrasilis. ISSN Online 1983-0572 - Prefixo doi: 10.12741

 

 Site hospedado gratuitamente no HostingZone

Fazemos parte da ABEC (Associação Brasileira de Editores Científicos)

Filiado ao Portal de Periódicos CAPES

Apoio